Planta de Lagoa da Prata no limite

Com a capacidade de produção praticamente no limite na fábrica de Lagoa da Prata, na região Centro-Oeste do Estado, a Embaré Indústrias Alimentícias deu início aos estudos para a construção de outra unidade. A estimativa é investir cerca de R$ 180 milhões na nova planta, ainda sem local definido.

Segundo o diretor-presidente da empresa, Hamilton Antunes, várias propostas de cidades de Minas Gerais e de outros estados estão sendo analisadas, mas a escolha final levará em conta, além de incentivos e terreno, disponibilidade de matéria-prima e acesso ao mercado consumidor.

Para ler a matéria completa, clique aqui.

Fonte: Diário do Comércio